quinta-feira, 30 de julho de 2009

Por Ela



Por ela invernei uma saudade,
Trancei tentos na louca da solidão.
Por ela eu plantei uma esperança,
No solo morto de um triste coração...

Por ela cevei mate nas auroras,
Morri aos poucos a cada amanhecer
E renascia em acordes de milongas,
Na ilusão de nunca lhe perder..

Por ela mudei o rumo dos ventos
Em muitos janeiros tremia de frio.
Feito um louco mandava mensagens
Em garrafas navegando pelos rios.

Por ela me apaixono todo dia
Um amor febril, que nem sei direito.
Sei que a alma é mais trina campesina,
Das calhambras que eu trago no meu peito.


Parte de uma música. "Por Ela", porem não encontrei ao certo de quem é a letra.

Pois as fontes na web, algumas informavam Luiz Marenco outras César Oliveira.

Se alguém souber onde encontro os compositores, agradeço.


Um comentário:

  1. Angélica Almeida05/08/2009 09:38

    Casal perfeito... Adoro vcs!!

    ResponderExcluir